Peeling Químico

O peeling químico  dermatológico consiste na aplicação de ácidos que removem as primeiras camadas da pele. Os peelings são classificados em superficiais, médios e profundos, de acordo com a espessura e quantidade de pele retirada.

Peeling superficial

Atinge apenas a primeira camada da pele, a epiderme, e é indicado principalmente para o tratamento da pele com envelhecimento leve (manchas superficiais, rugas finas e discretas), de manchas de sol (cloasma ou melasma) e de lesões pré-cancerosas superficiais.

Peeling médio

Trata a segunda camada da pele, a derme superficial, e é indicado para o tratamento da pele com envelhecimento moderado e avançado (manchas e rugas mais profundas proeminentes) e de lesões pré-cancerosas mais profundas.

Peeling profundo

Alcança também a segunda camada da pele, a derme, mas de forma mais profunda que o peeling médio. É indicado para o tratamento do envelhecimento bem mais avançado (rugas profundas, manchas e lesões pré-cancerosas).

Indicação

  • Envelhecimento
  • Manchas
  • Rugas
  • Rejuvenescimento
  • Pós acne

 

Peeling Químico